Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Romildo Bolzan revela postura do Grêmio em reunião da CBF

Autor: Gremistas   •   27 de fevereiro/2019    •       •   

Romildo Bolzan revela postura do Grêmio em reunião da CBF
Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Após participar da reunião com a CBF na semana passada, onde assuntos referentes ao Campeonato Brasileiro que está por começar foram debatidos, o presidente Romildo Bolzan revelou seu posicionamento sobre temas que geraram debates públicos nos últimos dias. O mandatário voltou a falar sobre a necessidade de se ter a auditoria do árbitro de vídeo, algo que será uma novidade no Brasileirão deste ano.

"Votei pelo VAR, mas pedi para que todos os clubes tivessem acesso aos processos de decisão do VAR. Eles me disseram que estará disponível, mas precisará pedir ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). Seria interessante que todos tivessem acesso por uma questão de transparência", disse o mandatário gremista, que fez a mesma queixa no ano passado após as polêmicas com o River Plate na Copa Libertadores.

Uma outra pauta que dividiu opiniões foi a limitação na troca de técnicos nos clubes brasileiros. O tema não foi aprovado, o que torna livre a troca de treinadores ao longo do Campeonato Brasileiro de 2019 pelos clubes que participam da competição.

O presidente Romildo afirmou que não foi contrário à limitação, porém, alertou a necessidade de se tomar uma decisão com base em conceitos e não em politicagem.

"O Grêmio sugeriu uma transição. Esse ano nada, nenhuma limitação. Ano que vem que fosse de dois técnicos. Depois de um. Tudo para que seja uma mudança cultural. Para que os clubes possam se acostumar. Eu não quero nada corporativo. Quero um debate técnico! Dos pontos de vista das garantias técnicas é interessante", disse.

Figura notória na política gremista, o presidente Romildo Bolzan tem trabalhado nos bastidores levantando discussões pertinentes ao futebol brasileiro. Está na linha de frente no debate junto à Conmebol para uma valorização dos brasileiros quanto a distribuição de renda das cotas de TV da Libertadores. No Brasil, foi um dos idealizadores da Primeira Liga, competição que tinha como objetivo unir os clubes em uma proposta de organização entre as agremiações.





VEJA TAMBÉM:
> Grêmio desconhece suposto interesse do futebol português em Luan
> Romildo descarta investida em zagueiro Rafael Vaz: 'Não foi avaliado'
> Grêmio celebra a chegada de David Braz: 'Vai agregar muito'


Comentários