Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Experiência do grupo é valorizada pela comissão técnica

Autor: Gremistas   •   04 de março/2019    •       •   

Experiência do grupo é valorizada pela comissão técnica
Lucas Uebel/Grêmio
A comissão técnica gremista acredita que a experiência adquirida nos últimos anos dentro da Libertadores da América possa ser um fator a fazer a diferença para o Grêmio na competição. A mescla de jogadores experientes com os mais jovens têm dado resposta nos últimos anos no tricolor. O time que vai encarar o Rosário Central nesta quarta-feira tem apenas um titular que nunca entrou em campo na principal competição Continental da América do Sul.

- É importante ter experiência e jogadores que deram volta olímpica. Esses mais experientes falam para os mais jovens, ajudam sempre - relatou Renato.

A mesclagem na formação do grupo para temporada de 2019 é uma das características do Grêmio nos últimos anos. Aos 21 anos, Felipe Vizeu, reforço contratado em janeiro, apesar de ter experiência no futebol italiano, Nunca jogou uma Libertadores da América ainda assim é considerado como um atleta com rodagem para encarar uma disputa de alto nível.

- Essa mescla faz bem para o futebol. Os experientes sabem como tratar o adversário e isso é fundamental. Quase todos aqui já foram campeões e isso faz diferença - observou o treinador. 

O Rosário Central, adversário na primeira rodada da Libertadores, ainda não venceu em 2019.





VEJA TAMBÉM:
> Grêmio conta com apenas uma vitória em maio
> Renato reitera confiança em André: 'Estou satisfeito com ele'
> Maicon sai satisfeito com luta do Grêmio contra o Juventude: 'Competimos'


Comentários