Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

'Trocaria metade dos meus títulos pela Libertadores de 2007', diz Tcheco

Autor: Gremistas   •   12 de março/2019    •       •   


Mauro Vieira/Agência RBS
Ídolo do Grêmio e símbolo de uma campanha valente e aguerrida em 2007, o ex-meia Tcheco voltou a relembrar o seu período como atleta tricolor em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta semana.

Ele, claro, falou da disputa da Libertadores de 2007, quando o Grêmio vibrante, heróico e peleador - como diz sua própria história - chegou até a final do torneio mesmo com um time não tão técnico e qualificado como outros.

Para Tcheco, esse seria o grande título da sua carreira:

"Foi uma pena a gente ter pegado um Boca tão forte e tão inspirado naquela final. Eu trocaria metade dos títulos que eu tive pela conquista da Libertadores de 2007", comentou.

Aguardando uma nova oportunidade como treinador, Tcheco diz que segue acompanhando o Grêmio e elogiou a recente contratação do atacante Diego Tardelli, que estreou na vitória por 3x0 sobre o São José, na Arena, no sábado, pelo Gauchão.

"A vinda do Diego Tardelli vai ser um fator decisivo para o Grêmio, não só pelo talento que possui, mas pela experiência dele também", projetou.

Em termos de títulos, Tcheco ajudou o Grêmio no bicampeonato estadual do Rio Grande do Sul em 2006 e 2007, e participou como capitão dos vice-campeonatos da Libertadores de 2007 e do Brasileirão de 2008. Ao final de 2009, ele acertou sua transferência ao Corinthians





VEJA TAMBÉM:
> Entenda como o GreNal deste sábado virou decisivo para o futuro de Tardelli no Grêmio
> Rafael Sobis elogia o Grêmio antes do clássico: 'Sabe brigar'
> Paulo Nunes gostaria de ter trabalhado com um treinador no estilo de Renato: 'Grupo joga por ele'


Comentários