Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Explicações: o que disseram os jogadores do Grêmio após a inesperada derrota

Autor: Gremistas   •   13 de março/2019    •       •   

Explicações: o que disseram os jogadores do Grêmio após a inesperada derrota
Lucas Uebel/Grêmio
Como se fosse apenas um rascunho do time que vinha - novamente - encantando o Brasil, o Grêmio mostrou pouca inspiração e foi batido de forma inesperada, em casa, pelo Libertad, nesta terça-feira, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.

A situação na chave passa a ficar delicada, já que o Libertad lidera o Grupo H com seis pontos, enquanto o Grêmio é apenas o terceiro com um. Em segundo vem o Rosario Central, também com um, que nesta quarta visita no Chile a Universidad Católica, lanterna da chave ainda sem pontos ganhos.

Após a derrota, praticamente todos os jogadores do Grêmio que estiveram em campo conversaram com a imprensa - abaixo, em vídeo, veja as justificativas de Paulo Victor, Jean Pyerre e Felipe Vizeu:



Mais explicações:

Maicon: “Infelizmente nesses dois jogos a gente não conseguiu impor o nosso ritmo. Hoje sofremos bastante. Tivemos mais posse de bola, mas não conseguimos concluir em gol. A gente fica chateado, não era o que a gente queria. Queríamos vencer, mas a gente sabe que Libertadores é assim. Agora temos que recuperar fora de casa. A gente entra pra fazer sempre o nosso melhor. Mas são competições diferentes e hoje não foi a nossa noite. Não tem nada perdido e vamos tentar recuperar fora”.

Everton: "É uma competição bem difícil. Quando um time vem se destacando, há dois anos, em uma boa pegada, as equipes acabam marcando mais. Acabamos aceitando o estilo de jogo deles. Vamos ver no que erramos, tem muita coisa pra ajustar, mas também tem pontos positivos. Temos que buscar os resultados fora e, onde jogarmos, vamos em busca dos três pontos".

Kannemann: "Estamos pagando muito caro por nossos erros. Mas acho que todo mundo está trabalhando e se doando muito. Falta ajeitar algumas coisinhas e vamos trabalhar durante a semana. Temos que continuar trabalhando. Todo mundo correu muito, todo mundo se doou. Eles conseguiram (fazer o gol) num contra-golpe muito efetivo, conseguiram o gol em uma bola e depois acho que o jogo foi quase todo nosso".



 





VEJA TAMBÉM:
> Sincero, técnico diz que Juventude está eliminado do Gauchão
> Luan rebate pergunta de repórter: ‘Criticado por quem?’
> Levantamento mostra que Grêmio de Renato já fez quase 30 goleadas desde 2016


Comentários