Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Presidente do Conselho confirma que Bolzan deverá ter um novo mandato no Grêmio

Autor: Gremistas   •   22 de março/2019    •       •   

Presidente do Conselho confirma que Bolzan deverá ter um novo mandato no Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio
Uma reunião do Conselho Deliberativo marcada para a próxima terça-feira deverá dar o início oficial ao desejo de todo o gremista: a continuidade do presidente Romildo Bolzan Jr por mais um mandato de três anos. Em entrevista à reportagem do Gremistas.net, o atual presidente do CD, Carlos Biedermann, confirmou que o atual mandatário deverá seguir no clube por mais um período.

Na terça, os conselheiros votarão a reforma estatutária que permitirá uma segunda reeleição de Bolzan - a primeira no espaço de três anos. Em 2015, já no primeiro ano de sua gestão, uma assembleia de associados aprovou a modificação de dois para três anos de mandato presidencial. Caso o CD na terça e posteriormente os sócios aprovem a nova alteração, Bolzan estará livre para concorrer no final do ano.

"Existem dois caminhos para que esse tema "morra" na terça-feira. Se não houver quórum, o que acho bem pouco provável, e se der uma votação negativa, o que acho mais difícil ainda. Politicamente é uma assunto resolvido. Politicamente, no Grêmio, o tema de um novo mandato do presidente já é consenso. O que pode acontecer é uma mudança de vontade dele ou algum fato novo que mude o quadro até lá. Nós temos todos os movimentos do clube de forma favorável e há uma união grande nesse sentido", destacou Biedermann.

O conselheiro também fez questão de garantir aos torcedores que todo o processo se dará no rigor da lei, até por essa ser uma das principais exigências do próprio presidente Bolzan:

"A partir de terça, no caso da pauta ser aprovada, o clube vai fortalecer ainda mais as garantias jurídicas para ordenar o processo. Não há a menor chance do Grêmio sair do Profut ou ser punido, porque todas as ações neste tema serão feitas dentro da lei e o próprio presidente Romildo exige a soberania da lei e do estatuto", acrescentou.

Vencida a etapa dentro do CD e posteriormente com os sócios, o que deve ocorrer com naturalidade, Bolzan pode enfrentar uma terceira eleição no clube ou ser aclamado caso não haja adversários para o pleito do segundo semestre. Em 2014 e 2016, os candidatos derrotados com larga margem por ele foram Homero Bellini Jr e Raul Mendes.

Relembre a mais recente manifestação de Bolzan sobre o tema:







VEJA TAMBÉM:
> Léo Moura comenta ida à Arena para Brasil x Paraguai: 'Vamos ver Everton'
> Marcelo Oliveira se recupera bem e pode voltar em três meses
> Vizeu espera arrebentar no segundo semestre: 'Estou no caminho certo'


Comentários