Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

André explica evolução na comparação com o seu desempenho em 2018

Autor: Gremistas   •   09 de abril/2019    •       •   

André explica evolução na comparação com o seu desempenho em 2018
Lucas Uebel/Grêmio
Com somente quatro gols em 29 partidas no seu primeiro ano de Grêmio, André não justificou em 2018 o investimento feito em seu futebol. Quarta maior contratação da história do clube - cerca de 10 milhões de reais -, o centroavante vai se reinventando na atual temporada e, dono de boas atuações recentes, se torna o centroavante titular da equipe neste momento.

Por méritos, ele venceu a concorrência com Felipe Vizeu e herdou a vaga deixada por Jael. Além do retorno dos gols, André tem demonstrado um face "garçom" com assistências em série. Feliz com a nova fase, ele explicou o que mudou em seu futebol de um ano para o outro:

"Acho que é o trabalho. Com o tempo, tive a oportunidade de trabalhar mais e entender o esquema de jogo do Grêmio. Aqui, por exemplo, o time joga muito pelo lado e os pontas estão toda hora na cara do gol. O centroavante tem que se adaptar a isso. A gente sabe que aqui no Brasil a resposta tem que ser dada pra ontem. Não se tem paciência. Mas acredito que trabalhei bem e agora estou colhendo os frutos", avaliou.

Na coletiva desta terça, o jogador também repercutiu a declaração de Renato Portaluppi no último domingo, quando o treinador deu a palavra que o Grêmio vai se classificar à segunda fase da Libertadores:

“Se o Renato, que é gênio, disse que vai vir (a classificação na Libertadores), quem sou eu pra dizer o contrário. Estamos muito confiantes e que amanhã seja a virada de chave na competição”, disse.

Com André confirmado no comando de ataque, o Grêmio recebe o Rosario Central na Arena nesta quarta-feira, 21h30, precisando urgentemente da vitória para se manter vivo no Grupo H da Libertadores, do qual é apenas o 3°, com 1 ponto.





VEJA TAMBÉM:


Comentários