Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Renato lamenta morte de Verardi: 'Foi um segundo pai'

Autor: Gremistas   •   24 de abril/2019    •       •   

Renato lamenta morte de Verardi:
Lucas Uebel/Grêmio
O técnico Renato Portaluppi se pronunciou à Rádio Gaúcha sobre a morte de Antônio Carlos Verardi, o "seu" Verardi, de 84 anos, nesta quarta-feira. Abatido, o comandante gremista chamou o mais antigo funcionário do Grêmio de "segundo pai".

"Nessas horas é quase impossível colocar algumas palavras. Sempre tive uma admiração muito grande pelo Verardi. Desde o dia que eu cheguei no Grêmio, em 1980, sempre foi uma pessoal especial, foi um segundo pai para mim. Ele tinha a admiração de todo o grupo. Uma pessoa que fez história. Deixo aqui os meus sentimentos para toda a família. É muito triste. Fui acordado pela manhã pelo Fernandão (segurança do clube) com essa notícia. Já combinei com o grupo que vamos passar na Arena. Fica o meu sentimento. É um dia muito triste. Não só pra mim, mas para todos os funcionários do clube. Foi uma pessoa excepcional, que fez história no clube", lamentou.

O Grêmio chegará do Paraguai, onde venceu o Libertad nesta terça-feira, no início da tarde e irá à Arena comparecer ao velório. Jogadores, ex-jogadores, dirigentes, imprensa e até o rival Inter publicaram notas de pesar pela morte do dirigente.

A causa da morte não foi divulgada pela família, mas sabe-se que Verardi vinha enfrentando um câncer.





VEJA TAMBÉM:
> Compra de carro ainda repercute e Jean Pyerre rebate torcedor na web
> Chegada de David Braz depende de acerto de Marinho com o Santos
> Com dores, Paulo Miranda passará por novos exames no Grêmio


Comentários