Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Presidente do Grêmio lamenta não uso do VAR no jogo contra o Avaí

Autor: Gremistas   •   02 de maio/2019    •       •   

Presidente do Grêmio lamenta não uso do VAR no jogo contra o Avaí
Lucas Uebel/Grêmio
O Grêmio saiu insatisfeito com a arbitragem de Wagner Magalhães no empate em 1x1 contra o Avaí. Especialmente o presidente Romildo Bolzan Jr, que concedeu entrevista após o jogo, reclamou da não utilização do VAR em um lance que a bola teria batido na mão de um defensor catarinense.

"Vi e revi. Várias vezes fiz a revisão e não tenho dúvidas de que a bola bateu na mão. Aí tu tens a interpretação da regra de hoje. Se a regra é ‘bateu (na mão) é falta', não sei o que o juiz achou. É muito ruim essas coisas porque eu continuo sendo fã do VAR. O que eu fico descontente é a falta de auditagem, de checagem", disse o presidente.

Neste ano, todos os jogos do Brasileirão terão o VAR à disposição, algo que é bastante comemorado pelo dirigente. No entanto, ele pede uma maior transparência na execução do aparelho.

“Se o VAR tem uma posição de juízes julgando em quatro paredes e ninguém pode ficar sabendo o que avaliaram, não tem transparência no processo. Se o árbitro principal está exposto, por que os auxiliares, que são árbitros com poderes de decisão, também não são? O maior aperfeiçoamento que pode ter neste momento é ser publicizado, dar a clareza das decisões ou da omissão que eles praticaram. Essa é a questão mais importante”

 





VEJA TAMBÉM:
> Bahia reclama da escalação de árbitro contra o Grêmio: 'Poderia ser evitado'
> Paulo Miranda volta de lesão quatro meses depois e deve ser opção no GreNal
> Por melhoras no campo, gramado sintético é cogitado na Arena do Grêmio


Comentários