Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Renato se defende e rebate críticas da imprensa: 'Querem que eu entre em campo?'

Autor: Gremistas   •   08 de maio/2019    •       •   

Renato se defende e rebate críticas da imprensa:
Reprodução / GrêmioTV
O técnico Renato Portaluppi foi muito criticado nos últimos dias por conta do desempenho do time no duelo contro o Fluminense, no domingo passado. O treinador solicitou a assessoria de imprensa para conversar com os jornalistas antes do duelo decisivo contra a Católica e rebateu alguns dos argumentos sobre o seu desempenho no jogo passado.

"Qual é a obrigação do treinador? Colocar em campo, definir a parte tática e isso foi feito. Mas vocês querem que eu entre em campo? Troque três ou quatro jogadores com trinta e cinco minutos do primeiro tempo? Não né?! Cada um tem a sua responsabilidade", disse Renato em tom defensivo.

Para alguns comentaristas, Renato fez escolhas equivocadas nas trocas e não soube reanimar o grupo em um momento complicado da partida. Contudo, o treinador alertou que teve uma conversa forte no intervalo de jogo com os atletas e alertou justamente para os perigos que aguardam o time na volta do segundo tempo.

"Queriam que eu fizesse o que? Cada jogador que parasse no campo, eu trocasse? Aí entra o profissionalismo, o jogador não pode parar de correr. Eles têm que competir. Eu falo para eles a diferença entre o jogador brasileiro e o europeu. Lá eles competem o tempo inteiro e não param de correr. O futebol brasileiro é melhor, é mais bonito. Agora, quando o brasileiro tiver essa consciência de competir os 90 minutos, vocês podem ter certeza que o futebol brasileiro vai ir muito além do que já foi", criticou.

Quanto a não assumir a responsabilidade de suas falhas, o técnico nega. Renato afirma que quando erra, admite. E que o mesmo precisa ser feito pelos atletas dentro de campo.

"Nunca vou fugir de uma responsabilidade minha. Agora, o que propus durante a semana, fizemos até os trinta e cinco minutos. Agora quando eles param de correr, não posso ficar trocando. Só posso tirar três", concluiu.

Renato, apesar de responsabilizar os jogadores pela quebra do ritmo contra o Fluminense, fez elogios ao grupo durante toda a coletiva. Segundo ele, o Grêmio é o time que melhor apresenta desempenho em território nacional.

"Eu não canso de elogiar esse grupo. A torcida também deve estar orgulhosa, claro que não pela derrota, mas pelo que estamos fazendo há dois anos e meio", disse Renato.





VEJA TAMBÉM:
> Renato faz mistério, mas Pepê pode ser novidade no Grêmio contra o Bahia
> Por suposto erro do VAR, Vasco entrará com pedido para impugnar derrota para o Grêmio
> Arsenal avança por Everton e deve enviar médico ao Brasil


Comentários