Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

'E se fosse a favor do Corinthians?', questiona dirigente do Grêmio sobre pênalti

Autor: Gremistas   •   11 de maio/2019    •       •   


Reprodução
O Grêmio chegou a botar a bola na marca do pênalti no primeiro tempo contra o Corinthians, neste sábado, mas não teve a chance de efetuar a cobrança por conta da revisão do VAR. Após o auxílio do vídeo, o árbitro Marcelo de Lima Henrique voltou atrás na infração que havia sido marcada por toque de mão de Fagner.

Na jogada, Everton invade a área pelo lado esquerdo e chuta a bola contra o braço do lateral-direito. Após a partida, o diretor de futebol Alberto Guerra deixou uma pergunta no ar:

"A minha pergunta é que se o lance fosse para o Corinthians, o que ele daria?".

Ainda na saída ao intervalo, Fagner garantiu que não teve intenção alguma no lance e que só "se cortasse o braço fora" a bola não bateria naquelas condições:

"Só se eu arrancar o braço. É um lance natural, um movimento natural. Não abri o braço para pegar na bola. Se é por isso vamos chegar perto da área e sempre chutar no braço dos adversários". 
 





VEJA TAMBÉM:
> Jean Pyerre deverá retornar ao time contra o Juventude
> Leonardo Gomes vira desfalque de última hora para duelo contra o Juventude
> Matheus Henrique explica vídeo recebido de zagueiro Piqué, do Barcelona


Comentários