Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Kannemann revela não ter se lesionado em treinamento e fala em “choque” por não convocação

Autor: Gremistas   •   06 de junho/2019    •       •   

Kannemann revela não ter se lesionado em treinamento e fala em “choque” por não convocação
Divulgação
O zagueiro Kannemann esteve muito perto de disputar a Copa América pela Seleção Argentina. O defensor vivia um sonho até contrair uma lesão na partida contra o Corinthians, no último dia 11 de maio, pelo Campeonato Brasileiro.

Em entrevista à ESPN da Argentina, Kannemann contou que teve uma conversa com o técnico Lionel Scaloni e avisou que poderia estar disponível, talvez, a partir da segunda ou terceira rodada da competição, mas que entenderia se não fosse chamado.

"Tive uma conversa sincera e normal com ele, como tem de ser. Disse que poderia estar à disposição na segunda ou terceira partida, mas que seria difícil para ele convocar um jogador que não estaria sempre presente. É triste para mim, mas eu entendi", disse.

Kannemann também revelou que contraiu a lesão na partida contra o Corinthians, e não em um treinamento do Grêmio, como estava sendo comentado. Segundo o zagueiro, “foi um choque” quando soube que não disputaria a Copa América.

"Me machuquei ainda no primeiro tempo, mas consegui terminar o jogo. Tive um pouco de esperança, mas eu sabia que aquela dor não era normal. Treinei por mais dois ou três dias e depois não consegui mais. Fiz os exames e a fratura foi confirmada. Eu comuniquei os médicos da seleção e eles tomaram a decisão de não me chamar (...) Foi um choque. Não foi uma lesão muscular e não pensei em me preservar. Não sei se adiantaria alguma coisa pedir para ser substituído (contra o Corinthians), não sei se mudaria algo", contou Kannemann.





VEJA TAMBÉM:
> Sem tempo, irmão: Resposta 'curta e grossa' de Felipão após empate contra o Grêmio repercute na web
> Grêmio planeja nova rodada de reuniões para compra da gestão da Arena
> Pedido do Grêmio a Seleção Argentina fez com que Kannemann não fosse convocado para jogos amistosos em setembro


Comentários