Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Montoya rescinde com o Grêmio um mês depois de falar que queria ser comprado

Autor: Gremistas   •   03 de julho/2019    •       •   

Montoya rescinde com o Grêmio um mês depois de falar que queria ser comprado
Lucas Uebel/Grêmio
Era uma coletiva de imprensa habitual após um treinamento. Montoya, escalado para falar com os jornalistas, ainda aguardava ter mais chances no elenco e mantinha a expectativa de ser titular no jogo do final de semana, contra o Fortaleza, em Caxias do Sul, pelo Brasileirão.

Na entrevista, foi perguntado sobre a sua situação contratual e o futuro, já que estava emprestado pelo Grêmio até dezembro junto ao Cruz Azul, do México, com preço de compra estipulado. E deixou claro que queria ser comprado:

“Tenho de dar o máximo, correr o que for possível onde for escalado. Eu posso jogar cinco minutos, 10 ou 90. O que o Renato me der, eu tenho de aproveitar. Depois vamos ver se serei comprado. Obviamente, me encantaria ficar no Grêmio”, destacou na época.

Um mês depois, o argentino acertou a sua rescisão contratual com o tricolor e abriu caminho para se acertar com o Racing, onde reencontrará o técnico Eduardo Coudet, que o dirigiu no Rosario Central durante a temporada de 2016.

Com raríssimos momentos de brilho, Walter Montoya deixa o tricolor com 12 jogos e apenas dois gols, sem nunca ter se firmado como titular absoluto da equipe de Renato Portaluppi.
 





VEJA TAMBÉM:
> Alisson se encanta com momento do Grêmio: 'Estamos fazendo grandes jogos'
> Flamengo critica arbitragem, cita jogo do dia 23 e Renato questiona: 'Não estão sendo prejudicados'
> Ex-dirigente do Grêmio compara Inter a 'flanelinha' após ultrapassagem na tabela


Comentários