Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Everton relembra a origem do apelido Cebolinha no Grêmio

Autor: Gremistas   •   04 de julho/2019    •       •   

Everton relembra a origem do apelido Cebolinha no Grêmio
Reprodução/Instagram
Pode até parecer mentira, mas Everton não gostava do apelido "Cebolinha" logo em seu início no profissional do Grêmio, entre as temporadas de 2013 e 2014. Em entrevista coletiva nesta quinta, o atacante da Seleção Brasileira relembrou a origem da divertida zoeira que logo se espalhou pelo elenco tricolor.

Ele revelou que o autor do apelido é o lateral-direito Pará, ex-titular do Grêmio e atualmente jogador do Flamengo:

“O Pará me deu esse apelido, em 2013, quando eu subia às vezes para treinar com o profissional. No início de 2014, a gente treinou em Bento Gonçalves e aí pegou essa semelhança na pré-temporada. Ele me chamou de Cebolinha por conta da Turma da Mônica. A princípio, eu não gostei, por isso que pegou”, brincou o jogador.

Durante a preparação para a Copa América, até mesmo o técnico Tite questionou se poderia chamá-lo pelo apelido.

“Ele veio me perguntar se poderia me chamar de Cebolinha. Eu disse para ele que estranho seria se ele não me chamasse assim. Todo mundo me chama assim, o Renato Gaúcho me chama assim. Até a minha mulher me chama assim às vezes. Quando ela me chama de Everton é porque eu já sei que ela está brava”, disse.

Com Everton, o Brasil tenta conquistar a Copa América na final de domingo, no Maracanã, diante do Peru.
 





VEJA TAMBÉM:
> Pedro Geromel terá seu nome na calçada da fama do Grêmio
> Ainda sem atuar pelo Al-Ittihad, Marcelo Grohe pode retornar ao futebol brasileiro, diz repórter
> Em busca da titularidade, Pepê se torna vice-artilheiro do Grêmio no ano


Comentários