Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Renato abre o jogo e indica que Tardelli precisa 'querer' se ajudar

Autor: Gremistas   •   13 de julho/2019    •       •   

Renato abre o jogo e indica que Tardelli precisa
Lucas Uebel/Grêmio
Logo após a vitória de virada do Grêmio por 2x1 sobre o Vasco da Gama, neste sábado, na Arena, pelo Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi abriu o jogo sobre um dos temas mais sensíveis no clube neste momento: Diego Tardelli.

Renato indicou que o jogador precisa querer se ajudar e deixou bem claro que, quando achar que deve, vai seguir "chamando a atenção" e "corrigindo", independente do atleta envolvido.

"O Tardelli foi um jogador que eu briguei muito para que o clube viesse trazê-lo e ele veio. Sobre um possível desentendimento com ele, quero que uma coisa fique bem clara: se eu tiver que corrigir o jogador, sempre farei isso", disse.

"Briguei muito por ter o Diego Tardelli aqui. Seja Tardelli, Messi, Pelé, Geromel ou Kannemann. Independente de quem quer que seja, sempre corrigi e continuarei a chamar a atenção", acrescentou.

Entenda a situação de Tardelli:



O portal UOL Esporte, durante a semana, destacou que Tardelli levou uma "bronca" de Renato em um treinamento na semana e o clima ruim o tirou do duelo contra o Vasco.

"Eu continuo falando que eu recupero qualquer jogador, mas depende do problema do jogador, da cabeça dele. Se ele quer ser ajudado. Não estou falando do Tardelli agora. Acima de tudo, ele precisa querer ser ajudado", ampliou Renato.

A direção do clube mantém a expectativa de que o atacante - principal contratação da temporada - possa viajar com a delegação a Salvador, nesta segunda, para enfrentar o Bahia pela volta das quartas da Copa do Brasil na quarta-feira.

Mais - Luxemburgo esbraveja contra a arbitragem após derrota para o Grêmio:



 





VEJA TAMBÉM:
> Jean Pyerre lembra de Carol Portaluppi e ironiza zagueiro colorado: 'Usou o ingresso?'
> André provoca Inter após título do Athletico: 'Vizinha, chora não'
> Ex-Grêmio, Thonny Anderson canta '1 min de silêncio' e faz provocação ao Inter


Comentários