Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

'Não sou marginal', diz torcedor do Inter que aparece nas imagens da agressão

Autor: Gremistas   •   22 de julho/2019    •       •   


Reprodução/Twitter
Um dos torcedores do Inter que aparecem nas tristes imagens do último sábado, logo após o Gre-Nal do Beira-Rio, resolveu se manifestar. Diego Camargo, psicólogo de 37 anos, aparece na gravação que mostra uma outra colorada cometendo agressões a uma torcedora do Grêmio, que exibia com orgulho a camisa do seu time ao lado de uma criança.

Camargo garantiu em sua versão que não agrediu a torcedora rival e que apenas quis alertá-la que o gesto com a camisa do Grêmio poderia causar problemas:

“E eu estava lá sentado, depois do jogo, olhando para o campo, quando começou um murmúrio maior na torcida do Grêmio, que começou a cantar mais alto, como se fosse um gol. Olhei para trás e vi essa torcedora balançando a camisa do Grêmio, a erguendo e comemorando. Então, eu apontei para o segurança que estava na beira do campo e disse: “Ela não pode fazer isso”. Ele deu de ombros, dizendo que não podia fazer nada”, disse.

“Eu falei, claro que em um tom mais alto: “Moça, o que tu estás fazendo?  Tu és louca? Não vais fazer essa gracinha aqui. Queres te exibir?”. Aí, a criança começou a chorar e eu disse: “Olha o que tu estás fazendo com o teu filho”. Nisso, obviamente, os ânimos se acirraram, os cânticos da torcida do Grêmio começaram a ficar mais altos. Mas eu não a xinguei, não usei palavras de baixo calão. Só falei para ela não estar ali, que estava provocando uma situação desnecessária e que estava expondo o filho dela”, acrescentou.

Por fim, o colorado se defendeu das críticas recebidas nos últimos dias e garante não se tratar de um "marginal":

“Eu e meus irmãos, nenhum de nós é marginal. Nunca nos envolvemos em vandalismo. Não temos nosso nome vinculado a nenhum movimento político do Inter, nem fizemos parte de torcida organizada. Nunca compactuamos com qualquer tipo de violência e minha imagem está vinculada a bandidagem. As pessoas estão usando no plural, que torcedores agrediram a gremista e o seu filho. Isso tem um peso muito grande", lamentou.

Reveja as tristes cenas:



 





VEJA TAMBÉM:
> Grêmio x Palmeiras - Links para assistir - Jogo ao vivo online - Libertadores
> Comentarista diz que jogadores do Palmeiras pediram a Felipão para colocar time no ataque contra o Grêmio
> Grêmio vende mais de 22.600 ingressos para duelo decisivo contra o Palmeiras; expectativa de público aumenta


Comentários