Aplicativo Gremistas
Baixe grátis na Play Store VER

Galvão também se revolta com agressão no Beira-Rio: 'Paixão pelo futebol não justifica'

Autor: Gremistas   •   23 de julho/2019    •       •   

Galvão também se revolta com agressão no Beira-Rio:
Reprodução/SporTV
A cena do final de semana que mais repercutiu no futebol brasileiro não foi um gol, uma jogada bonita ou um erro do juiz. Mesmo depois do clássico já ter acabado, uma torcedora do Inter agrediu uma gremista no Beira-Rio, manchando o Gre-Nal e gerando uma enorme repercussão na mídia. Nesta segunda-feira, no programa Bem, Amigos!, do SporTV, foi a vez do narrador Galvão Bueno mostrar sua revolta sobre o episódio.

"Isso não pode acontecer. É uma coisa triste. Não era o local apropriado? Tá bom, mas a paixão pelo futebol não justifica isso, gente. O que era aquele maluco fazendo gesto ofensivo e vibrando com duas mães brigando? O Inter agiu e suspendeu preventivamente a torcedora do clube. Com o nome preservado. Mas imagina o trauma desse menino? Não é assim. A paixão do futebol não justifica isso. Será que a agressora conseguiu se imaginar do outro lado?", indagou.

Identificada como Tais Dias, a gremista estava tremulando a camisa do time do coração ao lado do filho quando foi abordada por um grupo de colorados. Uma sócia do Inter, já suspensa provisoriamente pelo clube, tenta tomar o uniforme e comete agressões. Galvão lembrou ainda que, há poucas semanas, Grêmio e Inter se uniram em um belíssimo exemplo:

"O Gre-Nal é uma das grandes grifes do país. Eu sempre fiquei muito feliz quando Grêmio e Internacional estipularam a torcida mista. Quantas vezes vimos marido e mulher cada um com sua camisa? Pai e filho? Exemplo belíssimo. Nesses últimos 10 dias, naquele frio terrível, o Inter abriu o Gigantinho pra receber moradores de rua e o Grêmio se uniu à causa. Falta de comida e excesso de frio. Os clubes se uniram. Os dois presidentes têm um bom relacionamento. Levaram colchões, alimentos e as duas torcidas se mostravam juntas. Tão bonito. Então como pode acontecer o que aconteceu sábado? De uma torcedora agredir outra torcedora na frente do filho...", destacou.

Reveja as cenas:


 





VEJA TAMBÉM:
> Grêmio busca apenas sua segunda vitória no Brasileirão após retorno da pausa para Copa América
> Grêmio recebe o Athletico-PR em busca de melhor colocação no Brasileirão; saiba tudo
> Possível sucessor, Pepê volta a elogiar Everton: 'Um dos melhores do Brasil'


Comentários