Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Após empate contra o La Equidad, Thiago Gomes reforça “dever cumprido” da garotada

Tricolor foi a campo com somente três jogadores no banco de reservas

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio usou a garotada do grupo de transição para encarar o La Equidad, da Colômbia, em jogo que aconteceu no Equador. O tricolor já havia levado poucos jogadores para a partida e ainda teve Pedro Lucas cortado do jogo. O atleta sentiu os efeitos da altitude e foi preservado.

Com isso, o técnico Thiago Gomes entrou em campo com apenas três jogadores no banco de reservas e, para complicar ainda mais a situação, o atacante Elias saiu lesionado no primeiro tempo. Isso fez com que o treinador ficasse com um goleiro e um jogador de linha como opções para o decorrer da partida.

Mesmo assim os meninos da base foram guerreiros, se entregaram dentro de campo e garantiram o empate em 0 a 0. A atuação foi elogiada pelo técnico após a partida.

“Deixa muitos ensinamentos (sobre a partida). Na palestra falamos sobre as características que um jogador do Grêmio tem, da entrega, de ser imortal. Fortalecemos esse espírito desde a base, para eles fazerem um grande jogo. Merecíamos vencer. Mas saímos com a sensação de dever cumprido”, afirmou Thiago Gomes.

Agora o tricolor se prepara para estrear no Campeonato Brasileiro, contra o Ceará, fora de casa. A partida acontece no domingo e pode ter alguns jogadores que atuaram contra o La Equidad na delegação.

Veja mais em Copa Sul-Americana.

Comentários