Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Campeão no clube, Marcelinho Paraíba admite desejo de treinar o Grêmio um dia

Ex-atacante fez história no Grêmio com a Copa do Brasil de 2001

Marcelinho Paraíba comemora gol pelo Grêmio — Divulgação

Destaque do Grêmio no título da Copa do Brasil de 2001, com direto a gol sobre o Corinthians na grande final no Morumbi, o ex-atacante Marcelinho Paraíba, 45 anos, quer agora partir para um novo desafio no futebol: a carreira de treinador.

Em live realizada com a assessoria de imprensa do seu último clube, o Perilima, da Paraíba, ele colocou o tricolor como um dos quatro times que deseja vir a treinar:

“Eu já tinha alguns planos: fazer o curso da CBF, tirar a licença e fazer o estágio na Alemanha. Mas aí veio o coronavírus e atrasou esse projeto. Mas, quando normalizar, pretendo dar prosseguimento e seguir adiante na carreira. Tenho vontade de treinar o Sport e o Treze, pelo Nordeste. Também quero trabalhar no Grêmio, no Sul. Se Deus quiser, quero treinar o Hertha Berlin”, citou.

Entre as referências na nova profissão, Paraíba cita Tite, que foi o seu comandante no Grêmio em 2001:

“Espero, um dia, poder passar tudo o que aprendi. Aprendi muito com Tite, Felipão, Levir Culpi, Carpegiani, além de outros treinadores pela Europa. Espero poder passar essa experiência para os outros”, concluiu.

Além do Grêmio, o ex-atacante tem passagens por diversos grandes clubes como Flamengo, Santos e São Paulo.

Veja mais

Comentários