Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Caso de racismo contra Yony González gera multa de R$ 30 mil ao Grêmio

O Grêmio foi julgado pelo STJD na tarde desta sexta-feira sobre o caso de racismo ao atacante Yony González, do Fluminense, que foi chamado de "macaco" ao comemorar um dos gols da vitória dos cariocas por 5×4 na Arena. A punição foi imposta em forma de multa de R$ 30 mil.
[bn]50[/bn]
Por 4 votos a 1, ficou estabelecida essa pena ao Grêmio, que não perderá mando de campo nem pontos na tabela. O clube, inclusive, já se manifestou avisando que tentará coibir práticas consideradas racistas nos estádios.

Uma delas, segundo o diretor-jurídico Nestor Hein, será se reuniu com as lideranças da Geral do Grêmio para tirar a palavra "macaco" dos cânticos. O Grêmio teme ficar "marcado" ou sofrer novas punições.
[bn]51[/bn]
Na temporada de 2014, vale lembrar, o clube chegou a ser excluído da disputa da Copa do Brasil pelo fato de uma torcedora ter chamado o goleiro Aranha, que na época defendia o Santos, de "macaco".

Veja mais em Sem categoria.

Veja mais

Comentários