Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Comandante nos dois jogos contra o Del Valle, Alexandre Mendes também deixa o Grêmio

Quinta-feira foi repleta de mudanças dentro do Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Fiel parceiro e braço-direito do técnico Renato Portaluppi, o assistente Alexandre Mendes também teve a sua saída do clube confirmada oficialmente nesta quinta-feira. Além dele e de Renato, o outro auxiliar, Victor Hugo Signorelli, deixa o cargo.

Mendes vinha tendo papel bastante ativo nesta temporada. Ele comandou o time jovem do clube no início do Gauchão, quando Renato estava de folga. E também treinou nas duas derrotas para o Del Valle pela pré-Libertadores, uma vez que o treinador oficial estava com Covid-19.

“O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o desligamento de Renato Portaluppi, em comum acordo com a direção, do comando técnico do Clube. O Grêmio agradece o profissional pela sua dedicação, sua passagem vitoriosa com conquistas importantes, lealdade à instituição e por ter sido o técnico mais longevo no comando da casamata gremista. Ao lado do Grêmio, o ídolo Renato Portaluppi alcançou um patamar raro entre técnicos brasileiros. O herói do Mundial de 1983 tornou-se o primeiro brasileiro a ser campeão da Libertadores como jogador e treinador, devolveu o Clube ao caminho das glórias e reconquistou a hegemonia estadual. Também deixam a Comissão Técnica, os auxiliares Alexandre Mendes e Victor Hugo Signorelli”, diz o comunicado oficial do clube.

De forma provisória, o técnico do time de transição Thiago Gomes sobe ao profissional para comandar a equipe contra o Caxias, nesta sexta, 20h, fora de casa, pelo Gauchão.

Veja mais em Renato Portaluppi.

Comentários