Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Flamengo critica arbitragem, cita jogo do dia 23 e Renato questiona: ‘Não estão sendo prejudicados’

Apesar da vitória pelo placar de 2×0 sobre o Athletico, fora de casa, neste domingo, pelo Brasileirão, o Flamengo fez duríssimas críticas à arbitragem de Bráulio da Silva Machado. Tanto é que, mais tarde, soltou nota oficial se posicionando com preocupação até para o jogo do dia 23, contra o Grêmio, pela volta da Libertadores, quando Machado será o auxiliar do VAR.
[bn]50[/bn]
Pelo lado gremista, o técnico Renato Portaluppi se esquivou do tema em coletiva após a vitória por 4×1 sobre o Atlético-MG, mas indicou não concordar com o Flamengo:

"Isso é problema da diretoria, não meu. O VAR está aí para ajudar todo mundo. Para ajudar a arbitragem a corrigir alguns erros que acontecem nas quatro linhas. Isso é uma coisa que eu não me preocupa. Já falei que não falo de arbitragem. A pressão vem em má hora. Até porque acredito eu que os árbitros não estão prejudicando a equipe do Flamengo pelo que tenho visto. Os árbitros procuram fazer o melhor para o futebol. Mas o meu trabalho é buscar o melhor para a minha equipe dentro de campo", disse.

Leia na íntegra a nota do Flamengo:
[bn]51[/bn]
"O Clube de Regatas do Flamengo lamenta ter que se posicionar a respeito da arbitragem do Campeonato Brasileiro. Acreditamos que reclamações por parte de qualquer diretoria mancham a imagem do campeonato e, por isso, vínhamos adotando como postura não nos manifestarmos depois de cada jogo, apesar de já termos presenciado várias situações que, ao nosso ver, prejudicaram claramente nossa equipe.

Não podemos, porém, nos calar após o acontecido na partida de hoje. A coincidência temporal entre a pressão pública feita por diretorias de concorrentes ao título e o ocorrido em campo no jogo contra o Athletico Paranaense nos preocupa muito. A atuação da arbitragem, tanto no campo quanto no VAR, foi desastrosa e muito prejudicial ao Flamengo.


Esperamos que episódios como esses não voltem a ocorrer, especialmente no dia 23, quando o árbitro de hoje estará envolvido novamente em uma partida importantíssima.

Uma arbitragem isenta e de alto nível: isto é que o futebol brasileiro deseja e precisa"

 

Veja mais

Comentários