Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Grêmio se reunirá com lideranças da torcida para abolir a palavra ‘macaco’ de cânticos

Como forma de evitar novos casos a serem interpretados como racismo na Arena, a direção do Grêmio pretende se reunir nos próximos dias com lideranças da torcida para coibir a palavra "macaco" dos cânticos.
[bn]50[/bn]
Uma das canções mais entoadas pela Geral do Grêmio, provocativa ao rival Inter, é o famoso "Olha a festa, macaco! Torcida é coração (…)", cantada já há anos pelos torcedores. Segundo o diretor-jurídico do clube, Nestor Hein, em entrevista à Rádio Bandeirantes nesta terça-feira, a medida servirá para amenizar futuros problemas como o recente envolvendo o atacante Yony González, do Fluminense.

“Não adianta dizer que não é com o intuito de ofender. Esta expressão precisa ser abolida da vida comunitária do Grêmio. Ela desgasta o clube. Para resolver isto é muito fácil. Quem são os responsáveis por puxar os cânticos? Vamos sentar e negociar isto. Tenho certeza de que estas pessoas vão entender e colaborar conosco", comentou.
[bn]51[/bn]
Na próxima sexta-feira, o STJD julgará o Grêmio no caso Yony González, com a possibilidade de punição em dinheiro. No pior cenário, sendo condenado, o clube sofrerá multa de R$ 100 mil e não corre o risco de perder mando de campo. Caso identificado, o gremista responsável pela injúria pode ser punido e ficar no mínimo 720 dias longe de estádios.

Veja mais em Sem categoria.

Veja mais

Comentários