Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Momentos depressivos? Narrador gaúcho questiona Tardelli: ‘Frescura’

Após ressurgir no Grêmio com um belo gol de voleio, Diego Tardelli desabafou há cerca de duas semanas após a vitória sobre o Libertad. Aos jornalistas, revelou ter sofrido com "momentos depressivos" no início da temporada e negou boatos como os que diziam que havia brigado com o técnico Renato Portaluppi.
[bn]50[/bn]
Mas a justificativa não convenceu o experiente narrador gaúcho, Haroldo de Souza, que atualmente trabalha na Rádio Gre-Nal. Em entrevista ao canal do jornalista João Batista Filho, no YouTube, o locutor criticou a conduta do atacante gremista:

“Eu fico pensando… a gente mata jacaré a botinada todos os dias. A gente enfrenta tantos problemas e a gente não se entrega. Aí um jogador que ganha 1 milhão por mês apresenta “quadros de depressão”. Mas o que é isso? Pra mim é frescura mesmo. É falta do que fazer! Sobra o dinheiro e falta massa encefálica. O cidadão se perde, mas quando chega no fim do mês ele sabe que tem que pingar na conta dele. Mas jogar futebol? Não está nem aí”, disparou Haroldo.

Veja a declaração a partir dos 5:40 no vídeo abaixo:

O desabafo de Tardelli na ocasião veio da seguinte forma:

“Quando eu cheguei no Grêmio, falaram que eu não me dava bem com o Luan. Depois nos últimos jogos falaram que eu não queria jogar por ter brigado com o Renato. Suposições e mentiras. Escutar gente lá de cima falando um monte de besteira… fiquei bastante triste. Não sabia se era isso que eu queria aqui no Brasil. Me tranquei e não sentia vontade de fazer mais nada. Com o apoio da família e do grupo no dia a dia, consegui vencer isso. Hoje esse gol foi um alívio e fiquei muito emocionado na hora. Que seja uma nova etapa na minha vida. O grupo está comigo e eu estou com o grupo. Quero ser feliz como fui em todos os clubes que eu passei”, frisou.
[bn]51[/bn]
Relembre:

 

Veja mais

Comentários