Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Para Casagrande, Tiago Nunes foi “passivo” e deveria ter pedido demissão do Grêmio

Comentarista da TV Globo opinou sobre a atual situação gremista

Reprodução / TV Globo

Em coluna escrita em seu espaço no portal Globoesporte.com, o ex-jogador e atual comentarista da TV Globo Walter Casagrande fez duras críticas à postura de Tiago Nunes, ao seu ver “passiva”, de aceitar se manter no cargo do Grêmio mesmo tendo um recebido um ultimato da direção.

Fazendo uma leitura de cenário, Casão entende que Nunes poderá sair do clube mesmo em caso de vitória sobre o Atlético-GO no jogo da noite na Arena.

Veja os principais trechos da opinião do comentarista:

“A diretoria deixou claro ao Tiago Nunes: se perder, será demitido. Isso chocou muita gente, e muitos ficaram em dúvida se fizeram o certo ou o errado”

“Em uma situação como essa, faltou personalidade ao Tiago, porque deveria pedir demissão. Com que tranquilidade ele trabalhará sabendo que a qualquer momento poderá ser demitido?”

“Conviver com uma constante ameaça de perder o cargo não é o melhor ambiente para se trabalhar. Só para comparar: quando um time demora para vencer, a torcida faz protestos, todos reclamam que assim é difícil de levar um trabalho adiante e o treinador sente que seu emprego está por um fio, como conviver com a situação?”

“Veja bem, não estou criticando a diretoria do Grêmio, mas estou, sim, contestando o comportamento do Tiago Nunes. O que será que a direção do clube achou dessa passividade do seu treinador?”

“E mais: acredito que depois dessa demonstração de passividade excessiva, de uma certa falta de personalidade, o Tiago Nunes, mesmo ganhando, perderá o cargo”

“Precisa fazer o exercício de pensar como se fosse um dirigente do Grêmio: se falamos para ele que se perder a partida será demitido e ele aceitou isso, com certeza não será com ele que vamos ressurgir”

Veja mais em Rolou na web.

Comentários