Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Renato abraça Bernardo, ganha beijo de mãe agredida e fala do episódio: ‘Não quero mais ver’

O técnico Renato Portaluppi atuou como um verdadeiro "mestre de cerimônias" nesta terça-feira ao receber no CT o pequeno Bernardo e sua mãe, Tais Dias, que foi agredida por uma torcedora colorada no final do Gre-Nal do último sábado. O clássico 421 era válido pelo Brasileirão e terminou empatado em 1×1 no Beira-Rio.
[bn]50[/bn]
Ao lado do seu elenco, Renato entregou uma camisa do Grêmio personalizada a Bernardo, que foi visto aos prantos nas tristes imagens que circularam pelo mundo. A gremista agredida, Tais, também ganhou do técnico um uniforme com seu nome e retribuiu com um beijo e um abraço.

"Gostaria de deixar uma coisa bem clara: a torcida do Internacional sempre se comportou muito bem. Não podemos generalizar a nação colorada por causa de uma pessoa. Tanto a torcida do Grêmio como a do Inter gosta de ver esse tipo de gesto, principalmente com as crianças. Foi o que o Edenílson falou. Não podemos aceitar o que aconteceu, independente da torcida. No sábado mesmo eu fiz uma foto, com o maior carinho, com um torcedor do Inter. Sempre faço isso e com prazer. Tenho certeza que os jogadores do Inter também fariam o que estamos fazendo hoje aqui. Futebol vive de momentos maravilhosos e que a gente possa sempre levar nossas famílias. Aquele gesto a gente espera nunca mais ver", disse Renato à GrêmioTV.
[bn]51[/bn]
No YouTube, o Grêmio registrou os principais momentos da especial tarde de terça:

Veja mais

Comentários