Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

“Acho que o máximo é parte de cima da tabela”, lamenta dirigente sobre chances do Grêmio no Brasileirão

Clube patinou nas primeiras rodadas e não sai do meio da tabela

Não será dessa vez que o Grêmio quebrará o já longo jejum de títulos do Brasileirão, algo que já dura desde 1996, quando o formato ainda era por mata-mata. Esta é a avaliação do vice-presidente eleito, Cláudio Oderich, conforme entrevista à Rádio Bandeirantes.

Ele lembrou que o time usará reservas neste domingo, 18h15, contra o Athletico, fora de casa, e que o máximo a ser esperado daqui pra frente é “parte de cima da tabela”:

“Vamos poupar hoje novamente visando as copas, principalmente. Acho que no Brasileirão o máximo que conseguimos é ficar na parte de cima da tabela”, disse, antes de finalizar:

“Deixamos passar mais uma vez o Campeonato Brasileiro. Hoje, novamente, vamos com time misto. Mas mesmo assim tenho expectativas de que vamos melhor nos próximos dias”.

O Grêmio, apenas o 13° colocado com 21 pontos ganhos, vai atuar contra o Athletico com: Paulo Victor; Victor Ferraz, David Braz, Rodrigues e Cortez; Lucas Silva, Darlan, Everton, Isaque e Pepê; Luiz Fernando.


Veja mais em Brasileirão.

Veja mais

Comentários