Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Antes de acertar com o Grêmio, Thiago Santos foi indicado por Felipão para defender o Cruzeiro

Volante gremista chegou bastante criticado pela torcida

Gustavo Aleixo / Cruzeiro

Homem de confiança do técnico Luiz Felipe Scolari no Palmeiras, principalmente durante o título do Brasileirão de 2018, o volante Thiago Santos, novo reforço do Grêmio, foi indicado pelo mesmo Felipão para o Cruzeiro durante a temporada de 2020.

O experiente técnico gaúcho, multicampeão com o Grêmio na década de 90, indicou o nome de Thiago à direção mineira quando ele mesmo estava comandando o clube na Série B. No entanto, o Cruzeiro esbarrou nos valores do contrato que o jogador tinha com o FC Dallas, dos EUA.

Pelo estilo marcador, afeito às roubadas de bola e de bom jogo aéreo, Thiago Santos era jogador do agrado de Felipão e chega ao Grêmio para executar funções semelhantes e carentes no grupo.

“Isso é do jogo. Quando trouxemos o Geromel, fomos motivo de piada. Quando veio o Maicon, foi a mesma coisa. Teve o Kannemann também. Por outro lado, quando trouxemos o Diego Tardelli, foi festejado pela torcida. Temos que ter convicção. Trata-se de um jogador muito interessante. É um cinco de marcação, o primeiro volante. Por todos os clubes que passou, mostrou dedicação. Tem que se dar uma chance ao rapaz”, comentou o vice-presidente gremista Marcos Herrmann à Rádio Gaúcha.

No Grêmio, o reforço já está inscrito no Gauchão e chegará nos próximos dias para ser apresentado oficialmente. O contrato vai até 2023.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Comentários