Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Anunciado como vice de futebol do Grêmio, Marcos Herrmann ainda prega cautela sobre Tiago Nunes

Dirigente já concedeu a sua primeira coletiva no novo cargo

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Após alguns dias de indefinição, o integrante do Conselho de Administração do clube, Marcos Herrmann, enfim foi anunciado oficialmente nesta terça-feira como novo vice-presidente de futebol do Grêmio. Ele entra no cargo vago desde 2020, quando Paulo Luz se afastou já na reta final da temporada.

E o trabalho já começou para o dirigente, que tem como primeira tarefa o anúncio de um novo treinador. Na coletiva de apresentação, ele negou estar acertado com Tiago Nunes:

“Não tenho treinador escolhido, não tenho diretor de futebol escolhido. Está no projeto do clube e vamos fazê-lo. Existe uma pressa relativa. O Tiago sem dúvida é um nome que está na lista. Conversamos com ele e outros treinadores. Embora estejamos muito confortáveis com o trabalho que o Thiago Gomes está fazendo. Por isso, não estamos ansiosos com este assunto do treinador. O Brasil tem treinadores muito bons, modernos e interessantes. E um deles é o Tiago Nunes, por isso conversamos com ele. Temos de cara um grande respeito por ele, mas não estamos acertados”, disse, antes de finalizar:

“Só eu falei. Muitos deles (jogadores) não me conheciam, alguns me conheciam. Não conversei individualmente com ninguém. Mas acho que temos um elenco muito interessante. Eu e meus companheiros de diretoria confiamos nisso”.

Além do novo treinador, Herrmann terá a missão de definir os seus diretores de futebol e o executivo. Nenhum outro nome foi anunciado nesta terça-feira de forma oficial.

Herrmann é sócio desde 1976 e conselheiro desde 1994. Já foi vice-presidente nas gestões dos ex-presidentes Cacalo (1998), Duda Kroeff (2009/2010) e Fábio Koff (2013/2014). Formado em direito e com pós-graduação em administração de empresas, compõe o Conselho de Administração gremista desde 2013, nas gestões de Fábio Koff e Bolzan.

Veja mais em Diretoria do Grêmio.

Comentários