Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Auxiliar de Renato entende que gol anulado de Ferreira foi decisivo para a derrota: “Impacto muito grande”

Alexandre Mendes fez as suas reclamações à arbitragem

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Quando poderia se sentir confortável no placar com um 2×0 a favor, o Grêmio viu a bandeirinha Mariana Almeida erguer o instrumento e impedir erroneamente o gol de Ferreira, algo que fez o Independiente Del Valle renascer na partida desta sexta-feira.

Mais do que isso: renasceu, cresceu na partida e virou para 2×1, levando vantagem para o jogo da Arena, em Porto Alegre, quarta-feira, 19h15, pela volta da terceira fase da pré-Libertadores.

“O impacto é muito grande, porque você tinha vantagem de 1 a 0 e conseguiria ampliar, daria tranquilidade maior para equipe. E a não marcação de um gol legítimo como esse, trouxe uma intranquilidade maior para nossa equipe”, disse o auxiliar de Renato Portaluppi, Alexandre Mendes.

Segundo ele, também faltou uma maior experiência para o Grêmio, que ainda perdeu Ruan expulso por cometer pênalti:

“Tem jogadores que é a terceira partida no ano. Para encarar uma competição como essa, teria que ter uma rodagem maior, de treino, de jogo. Mas a gente acredita que em Porto Alegre conseguimos reverter o placar. Totalmente possível”, concluiu.

Na quarta-feira que vem, as duas equipes se reencontram a partir das 19h15 e quem vencer vai para o Grupo A com o atual campeão Palmeiras, Defensa y Justicia e Universitário. O Grêmio garantirá a sua classificação se:

– Vencer por 1×0

– Vencer por 2×1 e ganhar nos pênaltis

– Vencer por dois gols de diferença ou mais

Veja mais em Copa Libertadores.

Comentários