Ir para o conteúdo principal

Bolzan admite que jogo contra o Bahia é “um dos mais importantes dos últimos anos”

Presidente do Grêmio admite o grau de complexidade desta partida

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O presidente Romildo Bolzan Jr admitiu toda a responsabilidade que o Grêmio carrega para a partida desta sexta-feira, em Salvador, diante do Bahia, às 19h. De olho na briga contra o rebaixamento, o mandatário coloca a partida como uma das mais importantes dos últimos anos do clube.

O dirigente não vê mais “margem para nada” no Grêmio e admite que um novo tropeço em Salvador poderá ser decisivo negativamente:

“Não temos margem para nada. Nos metemos nessa e dependemos de nós. Com todo o respeito ao Bahia, que vive a mesma situação que a gente, quem ganhar amanhã terá a chance de sair se fizer os resultados nos próximos três jogos. Se ganharmos amanhã, podemos fazer 48 pontos. O que pra nós é suficiente para ficarmos fora. Sem sombra de dúvidas é o jogo mais importante, não digo nem do ano, por conta das consequências para nós, o mais importante dos últimos anos”, comentou em entrevista ao programa “Nossa Área”, da Rádio Band.

Para esta partida, o Grêmio estará desfalcado dos suspensos Jhonata Robert e Lucas Silva, além do goleiro reserva Brenno. Villasanti, Douglas Costa e Borja poderão novamente ser titulares.

Em termos de tabela, o Grêmio segue no 18° lugar com 36 pontos, quatro a menos que o Juventude, que é o 16°.

Veja mais em Romildo Bolzan.

Você pode gostar

Comentários