Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Bolzan diz que resultado no Paraguai foi “bom” e admite caráter decisivo de revanche na Arena: “Fundamental”

Presidente gremista não esconde a necessidade de vitória na quarta

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Pela primeira vez de forma pública, o presidente gremista Romildo Bolzan Jr analisou a derrota do Grêmio de 2×1 para o Del Valle no Paraguai, na última sexta-feira, considerando até “bom” o resultado pela ida da terceira fase da pré-Libertadores pelo contexto da partida.

As declarações foram dadas em entrevista ao programa Hora Consular, no Facebook, na noite desta segunda-feira:

“O jogo de quarta é fundamental porque vai definir nossa sexta participação seguida de Libertadores. Tem caráter de definição. Será um jogo extremamente difícil, complexo, até tendo em vista o que se viu do rival na sexta passada. Adversário qualificado, bom e que podemos dizer que o resultado do Paraguai foi bom para o Grêmio, que nos dá a condição de liquidar aqui. Estamos em uma preparação intensa para esse jogo, de modo que tudo seja atendido para que a gente faça o resultado”, declarou.

Bolzan argumentou que vê o Grêmio em um processo de transição e pediu um pouco mais de paciência aos torcedores:

“Um novo time não sai vencendo. Tem sua fase de maturação e consolidação. O Grêmio sabe o que está fazendo e organizando uma nova perspectiva de clube. Todos envelhecem e vão se indo. E o time tem que se reformular. Estamos fazendo isso. Se tiverem paciência, vamos ter um processo parecido com o que tivemos em 2015 para logo ali ter a competitividade capaz de gerar vitórias. Tendo paciência, logo todos entenderão. A solidez do clube também será a solidez do futebol”, concluiu.

Precisando de um simples 1×0, o Grêmio recebe o Del Valle às 19h15 na Arena na próxima quarta-feira.

Comentários