Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Bolzan lamenta queda do Cruzeiro: “O que eu não quero pra mim, não desejo para os outros”

Presidente Romildo Bolzan do Grêmio dando entrevista

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Ao contrário da imensa maioria da torcida do Grêmio, o presidente do clube Romildo Bolzan não ficou feliz com o rebaixamento do Cruzeiro, confirmado neste domingo na última rodada do Brasileirão. O time mineiro caiu de forma inédita ao perder em casa para o Palmeiras.

Em entrevista concedida nesta segunda-feira, Bolzan lembrou que o Grêmio já vivenciou isso e que o Cruzeiro também é uma das grandes camisas do futebol brasileiro.

O Grêmio já passou por essa situação, que é difícil. Em 2005 ainda tivemos aquela epopeia contra o Náutico, lá nos Aflitos, de ganhar o jogo com sete homens em campo. Aquilo fica registrado como marca da nossa imortalidade. Mas o que eu não quero pra mim, eu também não quero para os outros“, disse, antes de concluir:

“Eu lamento a queda do Cruzeiro, porque é uma expressão importante do futebol brasileiro”.

Veja:

Veja mais

Comentários