Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Bolzan nega que irá deixar o Grêmio para concorrer a Governador do RS

Mandatário tricolor garantiu que vai cumprir seu mandato até o final no Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A informação que movimentou a sexta-feira do Grêmio envolvia uma saída antecipada do presidente Romildo Bolzan do Grêmio para concorrer ao cargo de Governador do RS para 2022.

Durante todo o dia de ontem a notícia foi trabalhada, dando conta que Romildo tinha deixado seu nome à disposição do partido PDT para concorrer à eleição de 2022. O fato, no entanto, foi negado pelo presidente gremista.

“Enquanto estiver no Grêmio, não tem candidatura. Meu mandato termina em dezembro de 2022”, afirmou Romildo para a reportagem de GZH.

Caso aceitasse concorrer ao cargo, Romildo deixaria a presidência do Grêmio no começo de 2022, possivelmente no mês de março. Seu mandato vai até dezembro do ano que vem e, pelo menos nas palavras do presidente, a ideia é cumprir integralmente seu compromisso com o Grêmio.

Veja mais em Romildo Bolzan.

Comentários