Ir para o conteúdo principal

Brenno explica choro contra o Santos e garante que Grêmio vai lutar até o fim

Jovem arqueiro segue otimista com as chances do Grêmio.

Reprodução

O goleiro Brenno recordou – e explicou – a emblemática cena em que sai copiosamente chorando depois da derrota de 1×0 para o Santos na Vila Belmiro. Ele admitiu que a pressão que os jogadores gremistas estão carregando contribui para situações como essa.

“Eu acho que cada um enxerga de uma forma. Talvez, foi mais de frustração mesmo. Sentimento de frustração por não conseguir os resultados, da forma que foi, no último lance. Mas, cara, não mudei nada. Depois desse jogo, houve outros que pude ir muito bem, não tem nada ver com o meu emocional esse caso”, disse em entrevista ao site Globo Esporte, antes de acrescentar:

“Acho que é a primeira vez que estou passando por essa situação na carreira, a pressão é bem grande, mas nada muda. A gente tem nossas responsabilidades, pensar em fazer nosso trabalho bem feito. Às vezes, quer fazer muito e não consegue nem fazer o teu direito”.

Garantido na titularidade em função da convocação de Gabriel Chapecó, Brenno garante que o Grêmio vai lutar até o fim para escapar da queda:

“Eu não gosto de pensar que a gente vai cair, sabe? Eu tenho sempre que pensar que vamos conseguir nossos objetivo, que vamos escapar, que seja na última rodada, mas a gente vai conseguir permanecer na Série A. Respeito todo mundo fazendo projeções, mas meu pensamento é de permanência”, encerrou.

Com Brenno, o Grêmio, que é o 19° colocado com 29 pontos, encara o América-MG neste sábado às 18h30.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários