Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Campeã com o Brasil, Lorena, do Grêmio, é eleita a melhor goleira da Copa América

Thais Magalhães / CBF

A goleira Lorena, do Grêmio, sagrou-se campeã da Copa América feminina na noite do último sábado. O Brasil bateu a Colômbia pelo placar de 1 a 0 e a arqueira foi eleita a melhor de sua posição no torneio.

+ Grêmio: Pedro Rocha, novidades sobre Kannemann e vendas de Pepê e Arthur

Em seis jogos disputados, Lorena não sofreu gols. Mais do que isso, tornou-se a primeira goleira na história da Copa América feminina a terminar a competição sem ser vazada. A gremista dividiu os méritos com suas companheiras de equipe.

“É como sempre digo: a defesa não parte ali só da goleira, vem desde as atacantes, que começam a marcação lá em cima do time adversário. Só tenho a agradecer a Deus, porque sempre digo que os sonhos dele são maiores que os meus e eu não imaginava fazer um campeonato sem tomar gol. Trabalho para isso, mas Deus é maravilhoso na minha vida. Esse troféu de melhor goleira tem um significado muito especial e com certeza eu vou guardar com muito carinho. Só tenho a agradecer, é o primeiro título de muitos”, disse.

Lorena, de 25 anos, também recebeu elogios da treinadora sueca Pia Sundhage, que comanda a Seleção Brasileira e que vem apostando na gremista como a titular do gol do Brasil.

“Quanto mais partidas ela faz, mais confiante ela fica, mais calma terá e mais tomará a iniciativa. Por exemplo: na transição da defesa para o ataque, ela está mais rápida na reposição, lendo o jogo melhor. Essas situações fazem com que ela cresça. É uma ótima oportunidade para que ela ganhe experiência”, disse a treinadora sueca Pia Sundhage, da Seleção Brasileira.

Você pode gostar

Comentários