Ir para o conteúdo principal

Churín também se manifesta sobre queda do Grêmio e pede união por rápida recuperação

Centroavante Diego Churín lamentou a queda do Grêmio na web

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Após terminar a temporada como terceiro reserva do setor de ataque do Grêmio, o centroavante gremista Diego Churín fez durante o último final de semana uma manifestação sobre o rebaixamento do clube e pregou união para a rápida recuperação.

Por ter contrato longo, o jogador, em tese, segue para a temporada de 2022 – ele também falou, no post, do “barulho” que um rebaixamento como esse causa:

“As palavras sobram, o barulho é grande porque caiu um gigante. É tempo de levantar-se e todos juntos puxar para o mesmo lado. Seja quem seja, jogue quem jogue, todos juntos pelo Tricolor. Nas horas ruins muito mais. Vamos Tricolor!”, postou o atleta argentino.

Churín, vale citar, foi visto chorando no segundo tempo da derrota de 3×1 fora de casa para o Bahia, em Salvador, em confronto que era direto na briga contra o rebaixamento. Ele foi contratado no meio da temporada de 2020 e sempre foi reserva.

Com Gauchão, Copa do Brasil e Série B no calendário de 2022, o Grêmio irá se reapresentar no dia 10 de janeiro do ano que vem.

Veja mais em Jogadores do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários