Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Como o Grêmio abre a janela de transferências com R$ 8 milhões já garantidos

Arte / Gremistas.Net

O ano de 2022, além do projeto esportivo debilitado por conta do rebaixamento, também tem o orçamento como pauta importante nos bastidores do Grêmio. O retorno para a Série A do Campeonato Brasileiro é essencial para recuperar a saúde financeira do clube, já que a diferença de arrecadação é gritante entre uma divisão e outra.

+ Ex-Grêmio, Maxi López desembolsa 275 milhões e vira dono de clube europeu

Tal situação coloca a janela de transferências que se abriu na última segunda-feira (18) como um período extremamente importante para a temporada. Com a folha salarial muito acima do esperado, o tricolor tenta, com a venda de jogadores, trazer as receitas necessárias para terminar 2022 sem precisar recorrer a empréstimos bancários. E os primeiros dias estão sendo positivos neste sentido. 

Grêmio abre janela de transferências com mais de R$8 milhões já garantidos

Desde a abertura da janela, foram feitas 3 operações que trouxeram recursos ao Grêmio: As idas de Walace e Éverton ao Flamengo e a venda do atacante Rildo ao Santa Clara, de Portugal. 

Éverton foi comprado pelo Flamengo por cerca de 13,5 milhões de euros (R$75 milhões). O mecanismo de solidariedade da FIFA gerou, tendo em vista o tempo em que o atacante atuou pelo clube, cerca de R$2,5 milhões. 

O caso de Walace é muito parecido. O volante deve ser comprado pelo Fla por 6 milhões de euros (R$33 milhões), e o Grêmio tem direito a 2% da negociação pela mesma ferramenta. Caso os valores se confirmem, o tricolor receberá R$660 mil. 

Por fim, a situação mais significativa é a do atacante Rildo. O jogador, que estava emprestado ao Bahia, foi vendido ao Santa Clara, de Portugal, por cerca de 1,5 milhão de euros (R$8,3 milhões). O Bahia receberá 10% do valor pela taxa de vitrine. Com isso, o Grêmio ficará com R$5,8 milhões por ter 70% dos direitos econômicos do atleta. 

Com isso, o Grêmio consegue gerar aproximadamente R$8,9 milhões nos primeiros dias da janela. Existe possibilidade de outros nomes do atual elenco receberem propostas nas próximas semanas. Vale lembrar que a janela fecha no dia 15 de agosto. 

Veja mais em Mercado da Bola.

Você pode gostar

Comentários