Ir para o conteúdo principal

Dênis Abrahão diz que cadeiras vazias na reapresentação foram deixadas de propósito e explica

Espaços desocupados chamaram a atenção na internet.

Reprodução

As cadeiras vazias na reapresentação do Grêmio, na última segunda-feira, chamaram a atenção da torcida, mas elas foram deixadas lá propositalmente, segundo o vice de futebol Dênis Abrahão.

Conforme o dirigente, a ideia do clube era mostrar que alguns jogadores não estavam ali porque testaram positivo para Covid-19.

“As sete cadeiras vazias (na reapresentação) foram deixadas propositalmente para mostrar que sete jogadores tinham positivado para Covid-19. O Grêmio tem uma responsabilidade social muito grande”, disse o vice Dênis Abrahão em entrevista à Rádio Gre-Nal.

As cadeiras foram motivos de polêmica na reapresentação porque, segundo os torcedores, em manifestações na web, não condizem com a grandeza do Grêmio.

Veja mais em Diretoria do Grêmio.

Você pode gostar

Comentários