Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Dênis Abrahão diz que houve “esquemão” para rebaixar o Grêmio e cita erros de arbitragem

Dirigente gremista voltou a atacar a arbitragem do último Brasileiro

Reprodução

Naquele que certamente foi o trecho mais polêmico de sua entrevista nesta semana ao jornalista Duda Garbi, o vice-presidente de futebol denunciou um suposto “esquemão” feito para rebaixar o Grêmio no ano passado. Ele atentou para o fato de que “sempre um grande tem que cair” e citou erros sucessivos de arbitragem.

“Por trás disso tudo tem um ‘esquemão’. Tu já viu que sempre tem que cair um grande? Vamos pros fatos. Grêmio x Palmeiras, o Thiago faz realmente o pênalti. Mas o juiz está junto do lance e faz o gesto de simulação pro jogador do Palmeiras. ‘Levanta que tu te atirou’. Fez três vezes. Aí vai pro VAR e pênalti. Não posso reclamar. Aí fazem 2×1 logo em seguida. Depois o Elias faz o empate no segundo tempo. E vem as linhas do VAR. Quando eu fui no Rio de Janeiro, foi aí que eu fiquei irritado. Gaciba me recebeu muito bem. Me mostraram um lance que o VAR errou, que foi um volante do Fortaleza chutando o Darlan no meio de campo. Jogo estava 0x0. E nada de chamarem o VAR, mas eles puniram o juiz diminuindo a nota dela. Perguntei se era essa a punição, e disseram que iam ficar de olho nele. Me mostraram erros e acertos, mas saí da CBF acreditando na arbitragem”, declarou.

Na opinião de Abrahão, o Grêmio teria feito pelo menos mais cinco pontos sem os tais erros e assim escaparia da queda:

“Mas contra o Atlético-MG fiquei preocupado. Gol do Borja, lance gozado, as linhas são tortas. A linha do VAR tem 1cm e a da pequena área tem 10cm. Isso é o ser humano que manipula. Depois a falta do Cortez que não foi. Aí vem o Gre-Nal e o pênalti de gibi no Geromel. O Moisés se agarra nele. Depois a CBF vem dizer que foi lance inconclusivo. Grêmio e América-MG também foi um escândalo. Quantos pontos estou dizendo aí? Me tomaram uns cinco pontos na mão grande. O Grêmio também caiu por causa disso, mas nós erramos e sabemos os erros”.

Mesmo com o rebaixamento à Série B, Abrahão e o técnico Vagner Mancini foram mantidos no Grêmio para tocar a nova temporada.

Você pode gostar

Comentários