Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Diretor-jurídico do Grêmio confirma que clube vai à CBF por incidentes no Morumbi: “Que a torcida saiba nossa indignação”

Grêmio levará adiante as reclamações do jogo de sábado

Elenco do Grêmio reunido

Elenco do Grêmio reunido / Lucas Uebel — Grêmio

O Grêmio não deixará passar em branco os fatos do jogo contra o São Paulo neste sábado, empatado em 0x0 no Morumbi, com arbitragem extremamente polêmica de Rafael Traci – o tricolor gaúcho reclama de dois pênaltis em Pepê e Geromel, além de entradas duras não coibidas com vermelho em Alisson e Luiz Fernando.

Na manhã deste domingo, o presidente Romildo Bolzan Jr confirmou que pretende pedir a anulação do duelo e o diretor-jurídico Leonardo Lamachia também deu o seu ponto de vista em entrevista à Bandeirantes:

“Lances que houve abuso de violência por parte do São Paulo e não foram observados pela equipe de arbitragem, não apenas o árbitro de campo. É importante que a torcida saiba da nossa indignação”, disse, antes de concluir:

“Não é possível que o futebol brasileiro, vencedor que é, tenha arbitragem vergonhosa, fatos gravíssimos que ocorreram no jogo de ontem e antes do início da partida”.

O Grêmio também questiona a movimentação do São Paulo nos bastidores. Durante a semana, os paulistas foram à CBF com reclamações e trocaram a escala do VAR de sábado.

Clique aqui para receber todas as notícias do Grêmio em nosso grupo no Telegram.

Veja mais em Arbitragem e Brasileirão.

Veja mais

Comentários