Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Dirigente do Grêmio volta a criticar Conmebol no caso GreNal: “Sempre uma decepção”

Tricolor mantém insatisfação com a entidade já de longa data

Pepê durante clássico GreNal — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Os jogadores de Grêmio e Inter ainda aguardam o resultado do julgamento da Conmebol referente ao último Gre-Nal na Arena, que terminou em 0x0 pela fase de grupos da Libertadores e com uma tremenda pancadaria que gerou oito expulsões.

Para o diretor-jurídico do Grêmio, Nestor Hein, não dá pra saber que tipo de postura a entidade vai adotar nesse caso.

“Conmebol é sempre uma decepção para mim. É sempre muito penoso participar de um processo como esse”, disse, antes de acrescentar à Rádio Guaíba:

“Mais fácil prever quando irá terminar o isolamento do coronavírus do que o resultado do julgamento da Conmebol. Não tenho muito otimismo com a forma que ocorrem os processos da Conmebol”.

Desde 2018, o Grêmio carrega uma desavença com a entidade por conta dos episódios da semifinal da Libertadores daquele ano contra o River Plate, quando o time argentino se classificou de forma polêmica na Arena.

Hein também citou o “descaso” da entidade para os acontecimentos da partida entre Universidad de Chile e Inter, pelo qualificatório, quando torcedores chilenos protestaram botando fogo na arquibancada e nada foi feito.

“Peço licença para usar um caso do Internacional. O Inter jogou um jogo no Chile onde ocorreu uma batalha campal nas arquibancadas e gente com um pedaço de pau na pista atlética e nada aconteceu. Se é aqui, tem um pano fora do lugar e já tem punição”, concluiu.

Veja mais

Comentários