Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Elias nega que tenha existido divisão entre jovens e cascudos no Grêmio de 2021

Jovem centroavante vem sendo uma atração do time de 2022

Reprodução

O atacante Elias conviveu em poucos jogos com o drama do Grêmio na Série A de 2021 até a consumação do rebaixamento, mas de uma coisa o jovem de 20 anos tem certeza: em nenhum momento houve, embora boatos da época, a suposta divisão no grupo entre atletas mais velhos e os mais jovens.

Ele falou sobre o tema durante entrevista que concedeu ao jornalista Duda Garbi, no YouTube:

+ Abrahão nega existência de proposta por Lucas Leiva, mas mantém possibilidade da contratação

“Eu acho que nunca existiu essa divisão de mais velhos e mais novos no ano passado. Todos acolhiam bem todo mundo, não havia divisão assim não. Essa coisa de andar junto é natural. Eu ando hoje mais com o Bitello, com o Biel, que são da minha idade. Respeitamos os mais velhos e é assim”, declarou, antes de acrescentar:

“Claro que há aquela disputa por posição para jogar, mas fora de campo todo mundo é amigo. Muitos torcedores chegavam em mim e diziam que eu não tinha culpa pelo rebaixamento. Mas eu sentia culpa por estar no meio. Falavam isso porque eu não joguei muitos jogos naquele fim de ano”.

Elias ainda fez elogios à postura de Douglas Costa principalmente com os mais novos:

“Primeira vez que eu vi ele fiquei emocionado assim. Só via o cara pela televisão. Mas ele era muito de boa. Principalmente com os mais jovens. Conversava com todos. Até porque ele tinha passado por tudo aquilo ali também e no próprio Grêmio”, encerrou.

Você pode gostar

Comentários