Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Empresário de Cortez critica indefinição do Grêmio sobre o futuro do lateral-esquerdo

Situação do lateral-esquerdo passa a ser de indefinição

Reprodução / Grêmio TV

Em entrevista concedida à Rádio Guaíba nesta sexta-feira, o agente Flávio Trivella deixou bem claro o incômodo pela ausência de Cortez nos últimos duelos do Grêmio no Brasileirão e com a sua ida à terceira fila da lateral-esquerda, atrás de Diogo Barbosa e Guilherme Guedes.

O experiente lateral de 34 anos não atua desde a derrota de 1×0 para o Sport, no Recife. Depois, ficou de fora dos relacionados contra Santos e Fortaleza, e voltou a figurar no banco na derrota para o Juventude.

“Cortez não é jogador pra ficar como terceira opção de time nenhum. A gente respeita isso. Mas não aceita”, considerou Trivella.

O empresário reconhece a importância que o Grêmio teve em 2017, quando buscou Cortez e revigorou a sua carreira. Mas não concorda com a postura do clube atualmente:

“Temos muito respeito pelo Grêmio, pela oportunidade que deram ao Cortez quando estava difícil colocá-lo no mercado”, disse, antes de terminar:

“Como o Grêmio achou melhor não nos procurar para renovar o contrato dele talvez seja a hora de mudar de ares. Tudo tem início meio e fim. Acho que o Cortez pode ajudar o Grêmio e qualquer time do Brasil”.

Recentemente, o Bahia foi noticiado como time interessado em Cortez, mas até agora não houve avanço. O contrato do jogador com o Grêmio vai apenas até dezembro.

Veja mais em Mercado da Bola.

Comentários