Ir para o conteúdo principal

Empresário de Ferreira revela preço para tirar jogador do Grêmio: “Dificilmente vai aceitar menos”

Atacante de 23 anos despertou interesse de clube da Série A.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O empresário Pablo Bueno, do atacante Ferreira, revelou procura de clubes da Série A pelo jogador, mas afirmou que o Grêmio não deve liberá-lo por menos de 8 milhões de euros, cerca de R$ 50 milhões. O valor é referente a multa rescisória estipulada em contrato firmado em temporadas anteriores.

Pablo afirmou que todos contatos que chegam até ele, são repassados para a direção do Grêmio, que é quem decide se vende ou não. Conforme o agente, o São Paulo foi uma das equipes que o contactaram.

“Teve procura do São Paulo, mas sempre digo que, quem tem interesse no Ferreira, tem que conversar com a direção do Grêmio. Se eles entenderem que é melhor vender o Ferreira, aí passamos a negociar nossa parte. Quando tem procura, sempre peço para conversarem com a direção do Grêmio primeiro”, afirmou Pablo em entrevista ao canal do jornalista Jorge Nicola.

“Essa multa de 8 milhões de euros, conseguimos uma renovação lá atrás, achamos que pelo valor de salário oferecido, era uma multa condizente. Todo mundo sabe que hoje ele vale mais, é o jogador mais valioso do Grêmio. Então, dificilmente a direção do Grêmio vai aceitar menos que 8 milhões de euros”, concluiu.

Recentemente, o Fenerbahçe, da Turquia, sinalizou com a intenção de contratar Ferreira pagando a multa rescisória, mas o negócio até o momento não teve novidades. Sem novos interessados, o Grêmio avisou que está disposto a renovar o vínculo do atacante.

Veja mais em Mercado da Bola.

Você pode gostar

Comentários