Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Ex-presidente do Grêmio elogia Del Valle e faz alerta ao jogo da volta: “Muito difícil”

Grêmio passará de fase se vencer, por exemplo, por 1x0

Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Dirigente lendário do Grêmio na década de 90 e presidente do clube entre os anos de 1997 e 1998, Luiz Carlos Silveira Martins, o Cacalo, prevê dificuldades na partida de volta contra o Independiente Del Valle, na quarta-feira, 19h15, na Arena, pela volta da terceira fase da pré-Libertadores.

Pelo que viu na sexta, na vitória equatoriana por 2×1 no Paraguai, Cacalo não poupou elogios ao time dirigido por Renato Paiva:

“Erro de arbitragem à parte, por uma questão de justiça, preciso dizer que a equipe vencedora realizou uma  muito boa atuação. Mostraram determinados pressupostos que não são comuns numa equipe de futebol. O principal é a velocidade com técnica,  toques verticais rápidos e deslocamentos capazes de perturbar a defesa adversária com tabelas muito bem realizadas”, disse em coluna ao GZH, antes de acrescentar:

“Fiquei com a impressão de que o Grêmio foi surpreendido. E, com a equipe mutilada, não estava devidamente preparado para enfrentar um jogo decisivo de Libertadores. O jogo de volta vai ser muito difícil. O Tricolor deverá estar muito concentrado e com foco total no estilo de jogo do Independiente Del Valle, que me parece um adversário por demais perigoso mesmo jogando fora de seus domínios”.

Na quarta, dia 14, na Arena, as duas equipes se reencontram a partir das 19h15 e quem passar vai para o Grupo A com o atual campeão Palmeiras, Defensa y Justicia e Universitário. O Grêmio conseguirá a classificação se:

– Vencer por 1×0

– Vencer por 2×1 e ganhar nos pênaltis

– Vencer por dois gols de diferença ou mais

Veja mais em Copa Libertadores.

Comentários