Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Ex-presidente Paulo Odone vê momento “preocupante” e aponta erros de Renato

Ex-mandatário participou de reunião com o presidente Romildo Bolzan nesta terça-feira.

Edu Andrade / Grêmio FBPA

O ex-presidente Paulo Odone demonstrou preocupação quanto ao atual momento do Grêmio na temporada. O Tricolor ocupa a 19ª colocação na tabela de classificação do Brasileirão e vê, rodada após rodada, a distância para escapar da zona de rebaixamento aumentar.

Paulo Odone, juntamente com outros ex-presidentes do clube, esteve em reunião com o presidente Romildo Bolzan na tarde desta terça-feira, na Arena, para tratar de soluções para a crise dentro de campo em que se encontra o time.

Segundo o ex-mandatário, a não renovação do elenco de jogadores é um dos motivos pelos quais o clube atravessa momento conturbado. A chegada de reforços é necessária.

Eu vejo uma fotografia preocupante. O Grêmio deixou passar o momento de renovar a equipe, seja pela idade ou condicionamento físico. É evidente que é necessário alguns reforços”, disse Paulo Odone em entrevista à Rádio Gre-Nal.

O ex-dirigente também apontou “equívocos” do ex-treinador Renato Portaluppi quanto a renovação de jogadores que, segundo ele, já haviam passado do tempo no Grêmio. Além disso, afirmou que a saída do técnico acabou deixando o clube “perdido”.

“Ele teve alguns equívocos, como renovação de jogadores que já passaram o seu tempo no clube. Errou também falando que o Grêmio jogava o melhor futebol do Brasil, sendo que o Grêmio não jogava mais”, apontou.

“Houve um acúmulo de funções. Ele decidia sobre tudo e acabou que se esgotando. Como ele fechava bem o grupo de jogadores, se tolerava isso. Com a saída dele, o clube ficou perdido”, afirmou Paulo Odone.

Veja mais em Últimas do Grêmio.

Comentários