Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Ferreira fecha o ano em alta no Grêmio e mira 2020: “Quero sempre mais”

Atacante foi um dos destaques do Grêmio nos dois últimos jogos do Campeonato Brasileiro.

Ferreira comemora gol pelo Grêmio — Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A atração nos últimos jogos do Grêmio do Brasileirão foi o atacante Ferreira. Com apenas 21 anos, ele chamou a atenção pelos dribles e pela velocidade na vitória contra o Cruzeiro, quando até fez gol, e na partida derradeira perdida por 3×2 para o Goiás.

O seu início de 2019 foi no Aimoré, mas sem aparecer. Uma lesão de fascite plantar o atrapalhou e a recuperação se deu a partir de um raro tratamento com células-tronco. Liberado pra jogar, ele não quis mais ser emprestado e preferiu lutar por chances no Grêmio.

“Até quando voltei do Aimoré, o Grêmio ofereceu alguns empréstimos, mas meu pensamento era de ficar. Eu queria ficar, e acabei ficando e dei a volta por cima. Meu contrato acabava no fim deste ano. Mas depois do Brasileiro de Aspirantes, melhor jogador, ali chamou para fazer a renovação”, contou o atacante ao Globoesporte.com.

Entusiasta do futebol ofensivo e objetivo no ataque, Renato Portaluppi tem dado conselhos importantes ao jovem jogador:

“O Renato fala isso, ali a pressão é do marcador, do zagueiro, é para a gente fazer nosso jogo. Diz para driblar que não tem problema se perder a bola, se errar. Ali não é planejado, é no improviso. Meu ponto forte é o drible, mas sempre no improviso. Vai na hora, sai no improviso”.

Para 2020, o desejo de Ferreira é ainda maior:

“Expectativa é das melhores, pelo ano que fiz, como terminei o ano, fazendo gols, dando assistências. Não gosto de ficar onde se está, quero sempre mais. Quero que ano que vem dobre o número de gols, de assistências”, concluiu.

Veja mais

Comentários