Ir para o conteúdo principal

Gilberto rebate dirigente do Grêmio e nega Bahia com “medo”

Clima promete ser quente para a decisiva partida desta sexta.

Felipe Oliveira / EC Bahia

Causou repercussão e polêmica uma das tantas frases ditas pelo vice de futebol gremista Denis Abrahão logo depois de Grêmio 2×2 Flamengo na terça-feira, quando, em coletiva de imprensa, chegou a dizer que os adversários já estavam “com medo” do tricolor.

Antes do confronto direto desta sexta-feira, em Salvador, o atacante Gilberto, do Bahia, descartou completamente essa possibilidade.

“Se tornar um jogador de futebol profissional no Brasil é uma coisa muito difícil. E quando você chega num estágio desse, você não tem medo mais de nada, principalmente dentro de campo. Fora de campo têm medo de algumas coisas, porque vivemos num país que a segurança não é completamente estável, mas dentro de campo, não temos que ter medo de ninguém. A gente tem que fazer o nosso trabalho, aquilo que o professor pedir, e da melhor forma. Buscar o nosso resultado”, projetou.

A bola rola nesta sexta-feira a partir das 19h. Na terça, a frase de Abrahão foi dita nas seguintes palavras:

“Sei que amanhã vão dizer que isso é choro de perdedor, porque vocês têm a lata o dia inteiro e eu não tenho. Só que o Grêmio é centenário, é campeão do Mundo, campeão da América. O Grêmio não vai cair pra 2ª divisão. O Grêmio deu provas de que é um fenômeno e os adversários estão com medo do Grêmio”, declarou o vice de futebol.

Com o empate em 2×2 de terça-feira, o Grêmio não saiu do 18° no Brasileirão com 36 pontos. O Bahia é o 17° com 37.

Veja mais em Brasileirão.

Você pode gostar

Comentários