Ir para o conteúdo principal
Futfanatics Gremistas

Goleiros do Grêmio não defendem um pênalti há três anos, mostra levantamento

Time sofreu diante do Santos com dois gols marcados em cobranças de pênaltis.

Paulo Victor, goleiro do Grêmio — Vinicius Costa / BP Filmes

Após a derrota por 2 a 1 para o Santos, com os dois gols sofridos por meio das penalidades máximas, alertou-se para um dado negativo do Grêmio no quesito defesa de pênaltis. A última vez que um goleiro gremista impediu um gol desta forma foi há três anos e coube a Paulo Victor a tarefa em duelo contra o Atlético-MG, no Brasileirão.

Só em 2020, já foram 6 cobranças contra o time comandado por Renato Portaluppi, e todas convertidas. O que pesa ainda mais é o baixo aproveitamento nas mesmas situações quando são a favor. Na temporada, o tricolor teve 7 pênaltis e acertou apenas 3, um aproveitamento de 42,8%. Os números são criticados internamente e preocupam pelas oportunidades desperdiçadas.

De 2017 para cá, Júlio César, Paulo Victor, Phelippe Megiolaro, Brenner e Vanderlei receberam oportunidades na meta gremista.

Pênaltis contra o Grêmio em 2020

  • Zé Mário (convertido) – Novo Hamburgo (Gauchão)
  • Gabigol (convertido) – Flamengo (Brasileirão)
  • Iago Maidana (convertido) – Sport (Brasileirão)
  • Thiago Galhardo (convertido) – Inter (Brasileirão)
  • Marinho (convertido) – Santos (Brasileirão)
  • Marinho (convertido) – Santos (Brasileirão)

Com informações: GaúchaZH

Veja mais em Dados estatísticos.

Veja mais

Comentários