Ir para o conteúdo principal
Futfanatics

Grêmio comunica intenção de aderir a Liga do Futebol Brasileiro, mas vai propor mudanças

Clube pretende entrar para o grupo, mas vai propor mudanças nas próximas reuniões.

Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio anunciou, no início da tarde desta terça-feira (17), a intenção de aderir a Libra (Liga do Futebol Brasileiro). O clube, no entanto, propõe maior debate quanto à divisão dos recursos para oficializar a entrada no grupo.

Romildo Bolzan esteve em reunião na última segunda, em São Paulo, para debater o tema com os representantes dos clubes integrantes da Libra.

+ Meia Oscar, ex-Inter, visita concentração do Grêmio após empate com o Ituano

Em nota, o Grêmio oficializou a intenção de aderir a Liga do Futebol Brasileiro, mas propõe as seguintes pautas para as reuniões posteriores:

  • Maior justiça na distribuição dos recursos;
  • Eliminação de decisões por unanimidade;
  • Aperfeiçoamento do critério de distribuição por engajamento;
  • Gatilhos que obstruem diferenças predatórias de ganhos nos resultados econômicos com fim do critério de média e preservação de governança autônoma e independente.

A Libra conta com a adesão de sete clubes da Série A e outros três da Série B, sendo eles: Botafogo, Bragantino, Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Santos, São Paulo, Cruzeiro, Ponte Preta e Vasco.

Nota oficial do Grêmio

“O Grêmio comunica, após realizar os devidos ritos de debates internos, a intenção de aderir à Liga do Futebol Brasileiro (Libra). Para que tal propósito se concretize, o Clube ainda sugerirá nos debates posteriores que sejam obedecidas as seguintes pautas: maior justiça na distribuição dos recursos; eliminação de decisões por unanimidade; aperfeiçoamento do critério de distribuição por engajamento; gatilhos que obstruam diferenças predatórias de ganhos nos resultados econômicos com fim do critério de média e preservação de governança autônoma e independente.

O Grêmio reitera o desejo de contribuir para a consolidação da Libra, buscando a maior convergência possível para todos os clubes das séries A e B.”

Veja mais em Futebol brasileiro.

Você pode gostar

Comentários